educação-a-distância

Se há 50 anos alguém falasse que ia fazer um curso rápido para aprender sobre agronegócio, por exemplo, causaria certo estranhamento. Se fosse além e dissesse que esse curso seria a distância, provavelmente ninguém acreditaria, afinal, quem faz curso “de longe” e sem sala de aula?

Hoje parece até loucura, com tantas instituições “pipocando” cursos EAD por aí. Mas antes isso era inimaginável. Primeiro porque nem todo mundo tinha acesso à educação voltada para um tema específico – muitos nem chegavam ao ensino médio. Segundo porque cursos rápidos não eram comuns. Se alguém quisesse aprender sobre agronegócio deveria cursar uma graduação de engenharia agronômica, ciências agrárias ou semelhantes.

“Antigamente os cursos curtos até existiam, mas eram raros e não tinham muita adesão. A ideia era que a educação viesse somente de instituições de ensino superior, a partir de uma graduação”, diz Luana Coletti, membro da equipe da Plataforma Solution.

O fato é que a educação mudou. Mas por que isso aconteceu? E como tão rápido? Segundo Luana, com o advento do computador foram surgindo ferramentas que as pessoas podiam utilizar para ajudar nos estudos. “Depois disso, com o surgimento da internet, a mudança foi ainda maior. Começou a vir outro tipo de ensino, não só a graduação.”

Além das barreiras geográficas

Os cursos rápidos, principalmente os que são a distância, fizeram algo que a graduação não fez – ou fez pouco – em séculos: atingiu pessoas que moram em regiões afastadas de onde normalmente existem universidades.

Apesar de hoje existirem vários programas que abrem as portas da graduação para todos, antigamente isso era restrito a famílias que tinham condições financeiras para bancar os estudos. De acordo com Luana, a internet consegue romper barreiras geográficas.

“Agora existem vários programas do governo que ajudam as pessoas a terem internet em casa, então fica mais fácil.” E justamente essas pessoas são o público de muitos dos cursos rápidos. A tecnologia foi fundamental para fazer com que o conhecimento chegasse até elas.

Específico e prático

Outra característica desse novo modelo de educação a distância e com cursos rápidos é um conteúdo geralmente mais específico. Muitas vezes uma pessoa que já tem conhecimentos teóricos e práticos do agronegócio, mas quer aprender mais sobre pecuária de corte porque pretende ingressar no setor, pode optar por um curso que aborda exclusivamente esse assunto.

De acordo com a coordenadora da Plataforma Solution Daniela Flores, é uma modalidade voltada para quem não quer se formar naquele assunto, mas quer o conhecimento prático.

“É um conteúdo pontual para não ficar cansativo. Vai direto ao ponto que o aluno quer aprender, sem rodeios”, define. E o conteúdo aplicado pode valer mais do que um diploma em muitas empresas atualmente. Um funcionário que sabe usar o conhecimento talvez seja mais valorizado.

É possível aprender com EAD?

Apesar de muito disseminados, os cursos a distância ainda são alvo de preconceito. É comum a clássica pergunta: consigo aprender com o EAD? Nesse caso, depende.

Partindo do pressuposto de que a instituição escolhida é séria e o curso é de qualidade, o aprendizado dependerá principalmente do aluno. Essa é a principal diferença, é preciso mais disciplina do que em cursos presenciais. As facilidades da plataforma também influenciam, mas nem o melhor dos desenvolvedores “dão jeito” em um aluno que não tem vontade de aprender.

Mesmo assim, há uma vantagem: por serem rápidos e específicos, essa modalidade de cursos tende a “prender” o aluno o curso inteiro. Afinal, se o assunto é de interesse e não vai tomar muitas horas do dia, a tendência é que ele se dedique até o final.

Bom para o bolso

Outra vantagem para a educação EAD é o baixo custo. Cursos a distância não são tão caros para a instituição e esse benefício é repassado para o aluno. Normalmente acaba saindo mais barato fazer um curso EAD do que um presencial.

Esse fator, somado à tecnologia, permite que o aluno estude no horário que lhe for mais conveniente. Além disso, torna os cursos rápidos mais atrativos para quem quer conhecimento aplicável, à medida em que ao conteúdo estratégico é incluído na rotina de trabalho.

Gostou? Que tal conhecer os cursos rápidos da Plataforma Solution? Clique aqui e confira.

  • educação a distância
  • ensino a distância
  • tecnologia e educação